Práticas antissindicais são debatidas em Maringá
Data: 08-07-2019 | Publicado por: UGT - Paraná

Práticas antissindicais são debatidas em Maringá

flsmaringa.jpgO Fórum Estadual pelo Direito à Liberdade Sindical promoveu mais uma sessão de atividades. Dessa vez foi em Maringá (PR), dia 28 de junho. A UGT-PARANÁ foi representada pela presidente  da Regional Noroeste, Miromar Ponciando.

Esse encontro reuniu representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT), do Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas - Dieese e entidades sindicais.  Além da UGT outras cinco centrais sindicais paranaenses estiveram presentes.

O tema do Seminário foi “Aspecto prático e teórico da antissindicalidade” o qual foi abordado em palestras de Alberto Emiliano de Oliveira Neto, procurador do Trabalho e vice-coordenador nacional da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical - Conalis e de Fábio Aurélio da Silva Alcure, procurador do Trabalho de Maringá.

O Fórum incluiu o Seminário “Como Combater as Atitudes Antissindicais das Empresas depois da Reforma Trabalhista”.

Para a representante da UGT, Miromar Ponciano, esse “encontro proporcionou reflexões sobre a atual conjuntura do movimento sindical e as diretrizes que os dirigentes deverão ter frente à tentativa do governo federal de acabar com a estrutura sindical brasileira, abrindo assim as portas para a exploração criminosa da mão de obra dos trabalhadores”.

Após as palestras e debates foi realizada uma Audiência Pública de atos antissindicais onde as entidades da região apresentaram suas demandas e encaminharam soluções.

O objetivo é levar o Fórum para todas as Regionais do Ministério Público do Trabalho no Estado do Paraná.

 

Post Mario de Gomes
Foto: Comerciários de Maringá

Secretário de Comunicação UGT-PARANÁ
João Riedlinger