UGT-PARANÁ apoia Greve Geral no dia 14 de junho
Data: 07-06-2019 | Publicado por: UGT - Paraná

UGT-PARANÁ apoia Greve Geral no dia 14 de junho

grevegeral14j.jpgA UGT-PARANÁ apoiará a greve geral convocada pelas centrais sindicais, a ser realizada no próximo dia 14 de junho, em todo o país.  O apoio foi deliberado em reunião da direção estadual, ratificando a decisão em congresso nacional da UGT, realizado nos dias 30 e 31 de maio, na cidade da Praia Grande, em São Paulo. 

Segundo o presidente da UGT-Paraná, Paulo Rossi, as manifestações serão contra a reforma da previdência proposta pelo governo Bolsonaro, a retirada de recursos da educação pública e a geração de empregos. "A reforma previdenciária que tramita no congresso nacional é um verdadeiro engodo, pois irá penalizar os mais pobres, mas o governo e grande parte da mídia, inclusive alguns apresentadores milionários, mentem para a população. Vamos às ruas esclarecer isso à classe trabalhadora, que mais uma vez vai pagar a conta do desgoverno e do descaso. Além disso, Rossi acusa o atual ministro da Educação(?) de querer acabar com o ensino público gratuito. "Infelizmente, trata-se de uma pessoa desqualificada para o cargo e se utiliza disso para perseguir as universidades federais, diminuindo repasses, penalizando estudantes, pesquisadores, professores e por consequência a própria população que paga seus impostos", dispara Rossi.

A mesma opinião é compartilhada pelos demais dirigentes da entidade. "Chegou a hora do governo usar menos redes sociais para criar fake news, dialogar com a sociedade civil organizada e apresentar projetos que gerem empregos e renda. Somos um país com mais de 13 milhões de desempregados e não podemos ficar nessa dicotomia entre direita e esquerda, comunismo versus liberalismo. O povo quer emprego, e cabe ao governo criar condições para isso", disse Manassés Oliveira,  presidente do Siemaco/Curitiba e dirigente nacional da UGT.

Post Mario de Gomes
Arte: MGS/UGT

Secretário de Comunicação UGT-PARANÁ
João Riedlinger